Vice – governadora anuncia parceria com a Fundação Itaú para construção de abrigos para pessoas com a COVID – 19 e que não tem como se isolar em casa

A vice – governadora do Piauí, Regina sousa, fez reunião nessa terça – feira, 19, com representantes da Fundação Itaú, representantes da Fazenda da Paz, com técnicos da Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania e técnicos da Secretaria de Estado da Educação para anunciar a construção de abrigos para acolher pessoas que testarem positivo para COVID – 19 e que não tenham lugar adequado para ficar em isolamento social necessário.

“Muita gente mora numa casa com um ou dois quartos, como se isolar?”, pergunta a vice – governadora.

Os abrigos serão construídos em escolas públicas da Rede Estadual de Ensino de todas as regiões de Teresina. A escolha das escolas será feita pela SEDUC e o resultado será apresentado para a Fundação Itaú – que vai fornecer o modelo dos abrigos, e para a Fundação da Paz, instituição escolhida para executar e gerenciar o projeto.  Serão construídos 4 abrigos, um em cada região da capital, com 200 vagas no total.

“Eu sugeri que fossem 4 para as pessoas ficarem na zona onde moram, deixar a pesso mais próxima do seu convívio familiar, para a familia poder, até, passar lá, dá um “tchau” de longe… Mas elas vão ficar em isolamento, com acompanhamento, vai ter profissionais da área da saúde acompanhando, é todo um ciclo de atividades”, afirma a vice – governadora Regina Sousa.

A pessoa positivada de COVID – 19 ficará em isolamento no abrigo durante os quartoze dias e só será encaminhada para um hospital se houver evolução da doença. Caso contrário, ela voltará para o convívio com a família.

Segundo a vice – governadora, Regina Sousa, ainda esta semana, será marcada uma reunião com a Fundação Itaú e a Prefeitura de Teresina para acertarem a relação com  sistema de saúde, para o recebimento dos pacientes, caso algum dos acolhidos precisem de vagas em hospitais do município.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário