Trabalhadores com carteira assinada e funcionários públicos são os mais infectados pela COVID – 19 em Teresina, diz pesquisa

A nona pesquisa de investigação sorológica em Teresina divulgada nessa quarta – feira, 17, mostra o crescimento de infectados pela COVID – 19 entre os trabalhadores com carteira assinada e os funcionários públicos que são 23% da população e somam 25% dos infectados; entre os profissionais liberais, empresários e autônomos que totalizam 21% dos que moram na capital, 28% estão infectados; e entre os desempregados e as pessoas com empregos temporários que juntos são 15% dos moradores de Teresina,  17% deles estão infectados.  O número de infectados é menor entre os aposentados, estudantes e domésticos que são 41% da população, destes 31% estão com a COVID – 19.

A pesquisa também mostra os principais sintomas da doença transmitida pelo novo coronavírus nos teresinenses, as dores no corpo lideram com 47,3%, seguidos por ausência de gosto e cheiro, 45,7%.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário