Investigação aponta Vai-Vai como reduto do PCC

OUTRO LADO: Escola diz que Beto Bela Vista, citado pela polícia como membro da facção, não é mais diretor financeiro; advogada de suspeito nega envolvimento dele SÃO PAULO A Vai-Vai, uma das mais tradicionais escolas de samba de São Paulo e dona de 15 títulos do Carnaval, tornou-se um reduto da facção criminosa PCC, segundo relatórios de investigação da Polícia Civil. Os documentos aos quais a Folha teve acesso fazem parte de um processo de lavagem de dinheiro que corre em segredo na Justiça de São Paulo e tem entre os alvos o então diretor financeiro e ex-presidente da agremiação,…

LEIA MAIS