Mãe solo desenha a aventura de criar filhos sozinha, na alegria e na tristeza

Nos quadrinhos de ‘Single Mothering’, finlandesa Anna Härmälä dá forma aos cacos de caos e humor SÃO PAULO Nem no país apontado pela sétima vez como o mais feliz do mundo os perrengues da maternidade dão trégua, e menos ainda os da maternidade solo. Nos quadrinhos do livro “Single Mothering” (algo como “solomaternando” ou “mãessolteirando”, em português), que é lançado em inglês pela editora britânica Nobrow, a finlandesa Anna Härmälä, 42, narra a gincana de uma mãe que se vê sozinha com um bebê. “A Finlândia foi novamente declarada o país mais feliz do mundo. Sempre questionamos isso……

LEIA MAIS