Deputada entra com ação contra Eduardo Bolsonaro após ele comparar professores a traficantes

Ministro da Justiça Flávio Dino determinou que PF também investigue evento pró-armas realizado em Brasília no último domingo A deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) protocolou uma ação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) devido a suas declarações que compararam “professores doutrinadores” a traficantes de drogas. As afirmações foram feitas durante um evento pró-armas realizado em Brasília no último domingo. “Eduardo Bolsonaro é um covarde! Num país marcado por atentados contra escolas, utilizar palanque de um evento armamentista para incitar o ódio contra professores e os igualar a bandidos…

LEIA MAIS