Governo não aceita achincalhamento sobre guerra, diz ministro de Lula após demissão na EBC

Hélio Doyle, ex-presidente da emissora, compartilhou mensagem que chama de idiota quem apoia Israel BRASÍLIA O ministro da Secom (Secretaria de Comunicação Social), Paulo Pimenta (PT), afirma que todos os servidores com cargos de chefia devem ter cuidado com as suas declarações porque as consequências acabam recaindo para o governo federal, ainda mais em temas delicados como a guerra entre Israel e o grupo terrorista Hamas. O alerta aconteceu no mesmo dia da demissão do presidente da EBC (Empresa Brasil de Comunicação), Hélio Doyle, por postagens anti-Israel. Em um dos casos, Doyle compartilhou uma…

LEIA MAIS