Semec desenvolve Programa de Erradicação de Pobreza menstrual em 149 unidades

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) em parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) desenvolve o programa de erradicação da pobreza menstrual nas escolas da rede municipal de educação.

A ação tem como objetivo disponibilizar kits de absorventes para alunas que menstruam, entre 10 a 55 anos, matriculadas nas unidades escolares da Semec, e esclarecer por meio de palestras a temática.

O termo pobreza menstrual é usado para caracterizar a falta de condições para a realização da higiene menstrual, a qual ocorre devido a ausência de itens básicos, como absorventes, e a falta de acesso à infraestrutura, serviços de saneamento básico e conhecimento a respeito do tema.


Atualmente o programa funciona em 149 escolas municipais, onde as unidades têm autonomia para realizar a entrega mensalmente às estudantes.

Raíssa Borges é assistente social e coordenadora do programa de erradicação da pobreza menstrual, ela destaca que a campanha está acontecendo de forma gradativa e em 2024 abrangerá ainda mais unidades da rede municipal.

“Orientamos que ao entregar os kits, as escolas solicitem juntamente com os profissionais da FMS uma palestra para que questões sobre período menstrual possam ser elucidadas. Essa ação é de fundamental importância e busca levar dignidade para meninas e mulheres que estudam nas unidades da Semec”, finaliza Raíssa.

 

Fonte: semec.pmt.pi.gov.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário