Seduc realiza “Dia D” do programa Alfabetiza Seduc nesta quinta (11) e espera alcançar mais de 12 mil inscritos

O trabalho de busca ativa ocorrerá em todos os 224 municípios, das 8h às 13h30, e contará com a ação direta das 21 GREs envolvidas.

A Secretaria da Educação (Seduc) realiza, nesta quinta-feira (11), o “Dia D” do Alfabetiza Piauí, ação que tem por objetivo mobilizar todas as 21 Gerências Regionais de Educação (GREs) para a efetivação de mais inscrições no programa.

O trabalho de busca ativa ocorrerá em todos os 224 municípios, das 8h às 13h30, e contará com a ação direta das 21 GREs envolvidas. O intuito é efetivar mais de 12.000 inscrições para o primeiro quadrimestre do programa.

“Vamos mobilizar os gestores das escolas Seduc que ofertam a modalidade de EJA, em um trabalho conjunto, para impulsionar as matrículas de piauienses com idade igual ou superior a 15 anos que não foram alfabetizados na idade certa”, explicou o secretário Washington Bandeira.

Os interessados podem se dirigir a um dos pontos de matrícula ou a uma escola da rede estadual de ensino com oferta de EJA, até o dia 15 de julho, portando os seguintes documentos:

– Documento de Identidade (RG);

– CPF;

– Comprovante de Residência.

Em Teresina, ações irão ocorrer em quatro pontos espalhados pela cidade:

– 4ª GRE:

Praça Rio Branco

Centro-norte

– 19ª GRE:

Nova Ceasa

Avenida Henry Wall de Carvalho, 5000 – Parque São João

– 20ª GRE:

Praça João Dantas Neto

Rua José Torquato Viana, 1375 – Campestre

– 21ª GRE:

Praça do Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis

Rua Alexandre Gomes Chaves, 1079 – Itararé

O Governo do Estado tem como meta alfabetizar 100 mil piauienses acima dos 15 anos até 2026, fazendo do Piauí o melhor em índices de alfabetização de toda a região nordeste.

Alunos receberão bolsa de estudos

O programa oferece uma bolsa de R$ 600 (dividido em 3 parcelas de R$ 200) para incentivar a participação e a permanência nas aulas. O pagamento ocorrerá em três fases:

– O primeiro repasse será após a confirmação da matrícula;

– O segundo repasse será após três meses de aulas, mediante comprovação de frequência mínima de 75% e participação nos testes;

– O terceiro repasse será concedido após a certificação do estudante alfabetizado e sua matrícula na etapa seguinte do EJA Seduc, completando o valor de R$ 600.

image.png

Em sua primeira etapa, o Alfabetiza Piauí oferece aulas presenciais em 510 turmas, com carga horária de 300 horas e duração de até seis meses. A metodologia será focada na alfabetização inicial, de forma interdisciplinar em seus componentes curriculares, priorizando as disciplinas de Língua Portuguesa e noções básicas de Matemática.

 

Fonte: pi.gov.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário