São Raimundo vai ganhar centro de hemodiálise

Em reunião, nesta terça-feira (04), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) discutiu junto com parlamentares do território da Serra da Capivara e pacientes renais crônicos a implantação de um centro de hemodiálise na cidade de São Raimundo Nonato.

Para possibilitar a instalação desse tratamento na cidade, a Sesapi precisou fazer um estudo para avaliar a qualidade da água da região, pois este elemento é de suma importância para a implantação de equipamentos de hemodiálise.

“Devido à necessidade de ter uma água de qualidade para estes pacientes, a secretaria realizou este estudo e constatou que houve melhorias neste elemento, o que nos possibilitou a realização de hemodiálise no hospital regional da cidade”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

A manutenção da qualidade da água usada nos tratamentos de hemodiálise é primordial para a segurança do paciente. Isso porque alguns compostos, como alumínio e flúor, além de toxinas geradas por bactérias (as endotoxinas), se presentes na água, podem debilitar o estado de saúde do paciente.

Para a implementação do tratamento dos pacientes renais, que necessitam de terapia substitutiva, a Sesapi abriu um procedimento para que as empresas interessadas possam se habilitar.

“Aquela empresa que obtiver todas as condições para a prestação do serviço será credenciada e habilitada pela secretária. Nosso intuito é que esse processo seja finalizado o mais breve possível”, destacou o gestor.

Após os estudos sobre a qualidade da água, a Secretaria de Estado da Saúde conseguiu implantar o serviço de hemodiálise para os pacientes, que estão internados na unidade de terapia intensiva do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, que atende a toda população do território.

Da Redação

Wilma Rocha

Jornalista e Radialista.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário