Professores acampam na Câmara pelo reajuste de 20,8%, mas líder do prefeito quer vetar aumento

Os professores da rede pública do município de Teresina estão acampados na frente da Câmara Municipal para pressionar os parlamentares pela derrubada do veto do prefeito Dr. Pessoa à emenda que dá reajuste de 20,8% no salário dos servidores da Educação. O projeto original da Prefeitura reajusta o vencimento da categoria em 5%, alegando falta de recursos. O presidente do SINDSERM, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Sinésio Soares discorda. Segundo ele, os recursos já estão garantidos no Orçamento 2024.

Já o líder do prefeito Antonio José Lira diz que o Veto precisa ser aprovado para que outras categorias possam ter também reajuste.

O Veto do prefeito Doutor Pessoa ao reajuste salarial dos professores foi lido no plenário da Câmara Municipal, nesta quarta-feira (3) e deve ser votado pelos parlamentares na sessão desta quinta-feira (4).

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário