Piauí reforça proteção para profissionais de saúde que atuam no combate ao coronavírus

Para garantir a segurança dos profissionais da saúde no enfrentamento ao Covid-19, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), está ampliando a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Mesmo com a grande demanda de mercado existente em todo o mundo, a Sesapi já realizou a entrega de 24.550 unidades de máscaras N95; 37.314 unidades de avental descartável com manga longa e impermeável; 11.449 unidades de protetor facial descartável; 27.629 unidades de álcool em gel; 17.977 unidades de álcool etílico; 344.350 unidades de máscara cirúrgica descartável; 273.324 unidades de luvas de procedimento; 61.900 unidades de toucas; 18.700 unidades de propés e 2.352 unidades de óculos de proteção.

O reforço na proteção se deve ao alto risco de infecção que o vírus apresenta e a necessidade de garantir as condições ideais de trabalho para os profissionais de saúde da rede. O superintendente de atenção primária a saúde e municípios, Herlon Guimarães, aponta que os números de profissionais infectados reforçam a importância dos cuidados de segurança tanto nas unidades de saúde como na sociedade como um todo. “Estamos falando de um vírus que tem um poder alto de infecção e, por isso, precisamos reforçar sempre os cuidados em qualquer camada da nossa sociedade. Continuaremos distribuindo os equipamentos de forma sistemática para atender a nossa rede”, destaca o superintendente.

Ele diz ainda que, devido a estudos do mundo inteiro apontarem o momento da desparamentação como uma das principais situações que geram a contaminação dos profissionais de saúde, a Sesapi está realizando capacitação sobre o processo adequado da paramentação e desparamentação com os EPI’s. “Iremos realizar mais capacitações dos nossos profissionais, em relação a formas mais seguras e efetivas de utilizar os EPI’s. Queremos que nossos profissionais tenham mais segurança no trabalho e, assim, possamos diminuir o número de profissionais infectados, a fim de garantir a qualidade do serviço em nossa rede de saúde”.

Atualmente, o Piauí possui 131 casos de profissionais de saúde infectados pelo novo coronavírus. Os profissionais encontram-se isolados e estão sendo monitorados diariamente pela equipe do Cievs.

Fonte: SESAPI

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário