Municípios dos Cerrados piauienses recebem doações de insumos hospitalares para combate a Covid-19

As secretarias de saúde das cidades de Baixa Grande do Ribeiro e Ribeiro Gonçalves receberam uma série de insumos hospitalares para o trabalho dos profissionais de saúde no combate a Covid-19. Além de insumos hospitalares como máscaras, aventais e álcool – e cestas básicas – também foram doados equipamentos laboratoriais para realização de exames. A doação foi realizada pelos produtores do núcleo que possuem área na região dos três municípios, através da APROSOJA, Associação dos Produtores de Soja do Piauí. Nos equipamentos laboratoriais foram investidos R$ 42 mil. Os equipamentos doados são capazes de realizar 60 tipos de exames.
Quatro núcleos de produtores em várias cidades da região do cerrado participam da ação, que tem parceria da Rede Pense Piaui RPP/FADEX. Também foram beneficiadas as cidades de Bom Jesus e Uruçuí. Os quatro núcleos, com a coordenação da Aprosoja Piauí, conseguiram reverter quase R$ 100 mil em ajuda às famílias e órgãos públicos no combate a Covid-19.
Mais recentemente, foram destinados R$ 10.023,20; sendo R$ 5.000,00 para o movimento “Vamos Vencer Juntos” para aquisição de mais máscaras, aventais e álcool; e R$ 5.023,20 em cestas básicas que serão distribuídas pela Sasc (Secretaria de Assistência Social e Cidadania do Estado). Mais doações estão sendo viabilizadas para buscar atender também outros municípios da região, como Santa Filomena, Gilbués, Monte Alegre do Piauí e Sebastião Leal.
As parcerias entre os produtores de soja da região e a sociedade, através de órgãos públicos e organizações não governamentais já acontece em outros momentos com outros programas e a doação de insumos hospitalares é uma delas que foi intensificada neste momento de combate a Covid-19.
“É uma ação importante porque é aqui que moramos, aqui que produzimos, estamos aqui com nossa família, nossos colaboradores e parceiros são daqui. Nossos clientes frequentam as cidades. Precisamos do básico e se o poder público não consegue, o setor produtivo não vai se abster a sua responsabilidade já que pode contribuir de forma cidadã e regular”, afirma o presidente da APROSOJA Piauí, Alzir Neto.

Fonte: ASCOM

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário