Morre aos 72 anos Lanny Gordin, o guitarrista da Tropicália

O músico Lanny Gordin morreu nessa terça-feira, 28, aos 72 anos. Alexander (nome de batismo do artista) estava internado há um mês em um hospital na Mooca, na capital paulista, após diagnóstico de pneumonia. Guitarrista de artistas como Hermeto Pascoal, Gordin foi peça-chave da Tropicália. Ele participou do processo da composição dos álbuns “Gal Costa” (1969) e “Fatal – A Todo Vapor” (1972), que incluem clássicos como “Baby”, “Dê Um Rolê” e “Divino Maravilhoso”. O músico também esteve em trabalhos de Gilberto Gil e Caetano Veloso, como o álbum “Araçá Azul” (1973). Filho de pais europeus, Lanny nasceu na China, morou em Israel até os seis anos, mas veio viver no Brasil durante a infância. Ao longo da vida, Gordin desenvolveu esquizofrenia e a síndrome de Guillain-Barré. A morte foi confirmada no mesmo dia em que o artista faz aniversário.

Fonte: UOL

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário