Justiça suspende decreto de Bolsonaro que flexibilizava isolamento social

A decisão acatou um pedido feito pelo Ministério Público Federal

A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou, neste sábado 28,  que o governo federal não veicule em meios de comunicação a campanha publicitária “O Brasil não pode parar”, que defende a suspensão do isolamento social como estratégia para o combate ao coronavírus.
Em caso de descumprimento por parte do governo federal, a juíza determina multa de R$ 100 mil.

Fonte:cartacapital.com.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário