Integrante do grupo de K-pop ‘Blackpink’ é banida de rede social chinesa

Uma das integrantes do grupo de K-pop Blackpink foi banida da rede social chinesa Weibo nesta sexta-feira, 3. Fãs acreditam que Lisa, cujo nome verdadeiro é Lalisa Manobal, foi afastada devido a uma apresentação em um cabaré parisiense. A intérprete de “Money” desapareceu da plataforma esta semana e sua conta foi substituída por uma mensagem de erro informando que a página “não está disponível devido a avisos de violação de leis e regulamentos”. O Weibo não apresentou nenhuma explicação e a agência de Lisa, YG Entertainment, disse que não tinha nenhuma declaração sobre o assunto. Nas redes sociais, fãs da cantora associam o banimento a uma performance burlesca de Lisa no cabaré parisiense Crazy Horse, onde a atriz de Hong Kong Angela Yeung também compareceu. Apelidada de Angelababy, Yeung também foi banida por “violações de leis e regulamentos”, de acordo com uma mensagem em sua conta. O bloqueio de Lisa e Angelababy acontece após o presidente chinês, Xi Jinping, fazer um apelo às mulheres para “promoverem as virtudes tradicionais chinesas e expandirem os valores familiares”. Os chineses bloqueiam conteúdos considerados politicamente sensíveis ou contrários aos valores do Partido Comunista. Celebridades já foram banidas por suas tatuagens ou por um estilo de roupa “afeminado”.

*Com informações da Agence France-Presse

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário