Hospital Tibério Nunes, em Floriano, realiza primeiro procedimento de neurocirurgia eletiva

A iniciativa faz parte de um plano de descentralização dos serviços, executado pela Secretaria da Saúde.

O Hospital Regional Tibério Nunes (HRTN), em Floriano, implantou o serviço de neurologia eletiva e realizou o primeiro procedimento, nessa quarta-feira (13). O paciente beneficiado foi um jovem com afundamento craniano em decorrência de um acidente de trânsito ocorrido há cerca de um ano.

“Antes dessa cirurgia, ele tentava levar uma vida normal, só que muitas vezes se constrangia por conta dessa situação, pois ele havia perdido 40% do crânio. Agora vai mudar, porque a autoestima dele vai melhorar muito depois dessa cirurgia”, afirma Andreza dos Santos, mãe do paciente.

O procedimento cirúrgico foi conduzido com sucesso pelos neurocirurgiões Cleciton Braga e Helton Bezerra. A correção da deformidade no crânio, com a implantação de uma prótese feita de um material sintético estéreo, proporcionou mais qualidade de vida ao paciente que antes vivia com o estigma da deformidade.

“Agora, o paciente poderá exercer todas as suas atividades sem nenhum problema. O cérebro dele, que antes era exposto a qualquer tipo de trauma, hoje está protegido. É uma ação que causa um impacto não só na vida do paciente, mas também para toda a sociedade”, enfatiza o médico Cleciton Braga.

A iniciativa faz parte de um plano de descentralização dos serviços, executado pela Secretaria da Saúde. “Isso otimiza a assistência hospitalar na região centro-sul do estado e reduz a demanda por regulação para hospitais da capital”, frisa Dirceu Campêlo, superintendente da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi.

Para Gabriel Silva, diretor-geral do HRTN, essa ação representa um avanço para a saúde no interior do estado. “A implantação desse serviço aumenta a quantidade de atendimentos e procedimentos cirúrgicos realizadas pelo hospital, sobretudo por ser uma demanda que era antes era realizada somente em Teresina”, disse o gestor.

 

Fonte: pi.gov.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário