Garro marca duas vezes, Corinthians cede empate, mas acha gol salvador no fim e vence Vitória

Com enorme dose de sofrimento e gol nos acréscimos, o Corinthians superou o Vitória por 3 a 2, nessa quinta-feira (4), na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo colocou frente a frente duas equipes que brigam contra a zona de rebaixamento, ainda que os baianos estejam fora do Z-4. Os corintianos venciam sem brilhantismo e entregaram a vantagem em um pênalti no final, mas foram salvos pelo garoto Giovane. Os três pontos permitem que o Corinthians respire, mas a equipe continua na zona de rebaixamento, com 12 pontos, na 17ª posição. Logo acima vem o próprio Vitória, em 16º, com a mesma pontuação, mas com um triunfo a mais. No domingo, o time paulista visita o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão. O Vitória recebe o Criciúma, na mesma data, no Barradão, mas às 18h30.

Porém, antes da primeira etapa acabar, Garro mostrou, mais uma vez, ser diferente quando a bola sobrou para ele, no final do primeiro tempo, após um escanteio. O argentino acertou um voleio endereçado ao gol do Vitória. O sofrimento corintiano parecia ser amenizado com a vitória parcial. Leo Maná, porém, abriu o braço dentro da área e interceptou um ataque do Vitória. Na cobrança de pênalti, Alerrandro igualou o placar novamente. Isso dava ao Corinthians gosto de derrota no empate. A equipe lançou-se ao ataque como não fez em toda segunda etapa. Em escanteio, Garro levantou e a bola sobrou para Giovane. O atacante de 20 anos aliviou a agonia de 37 mil corintianos.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Radialista/Jornalista/Web Designer

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário