FMS inaugura amanhã (8) consultório de Alergia a Proteína do Leite de Vaca

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) inaugura o Consultório de Alergia a Proteína do Leite de Vaca (APLV) nesta terça-feira (8), às 8h30, no Hospital Municipal da Criança, localizado no Parque Piauí. Nesse consultório, o atendimento é para quem faz parte do programa municipal de dispensação de dietas enterais e fórmulas infantis.

Atualmente o programa beneficia cerca de 300 crianças e o atendimento no Hospital da Criança com gastropediatra e nutricionista APLV será às terças feiras a tarde e às sextas-feiras no turno da manhã. O consultório contará com especialistas na área para fazer a avaliação do paciente e encaminhamento para o recebimento da alimentação, explica Gilberto Albuquerque, presidente da FMS.O objetivo é oferecer através do SUS um tratamento com especialistas de forma ágil e seguro, diz Gilberto.

Para ter acesso a esse serviço é necessário procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) onde é feito o encaminhamento para o consultório APLV. Com a documentação necessária é iniciado o processo no protocolo na sede da FMS e a entrega das dietas é feita na sede da FMS de segunda a sexta-feira pela manhã.

A gerente de Nutrição da FMS, Yara Cristina Leal, explica sobre esse programa. “O APLV é o programa voltado para crianças, residentes em Teresina, que fazem uso de fórmula infantil com até dois anos de idade, que apresente alergia a proteína do leite de vaca ou intolerância à lactose ou ser menor de três anos de idade e ser portador de alergia a proteína do leite de vaca associada à alergia à proteína do leite de soja que é comumente chamada de alergia múltipla”, esclarece.

Sobre o programa

A Fundação Municipal de Saúde, por meio da Gerencia de Nutrição (GENUT) e Diretoria de Assistência Especializada (DAE) criou o Consultório da APLV, onde serão feitas as avaliações com o gastropediatra, que o único profissional que pode diagnosticar a APLV e com a nutricionista exclusiva para atender a clientela do programa.
O programa Municipal de Dispensação de Dietas Enterais e Fórmulas Infantis foi iniciado na Fundação Municipal de Saúde em 2009. A Portaria/PRES/FMS Nº 217, de 25 de setembro de 2015, estabelece as normas e condutas para dispensação das dietas industrializadas e fórmulas infantis especiais.

Fonte: semec.pi.gov.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário