Expoapi 2023 deve movimentar R$ 40 milhões em negócios e atrair público de 300 mil pessoas

A exposição deste ano será realizada de 3 a 10 de dezembro, no Parque de Exposições Governador Dirceu Mendes Arcoverde, na BR-343, em Teresina.

A Expoapi, evento realizado no Piauí e consagrado como uma das maiores feiras de exposições agropecuária do Norte e Nordeste do Brasil, deve movimentar, na edição deste ano, R$ 40 milhões em negócios e registrar a circulação de 300 mil pessoas durante oito dias. O governador Rafael Fonteles confirmou, em suas redes sociais, a realização da exposição este ano que será realizada de 3 a 10 de dezembro, no Parque de Exposições Governador Dirceu Mendes Arcoverde, na BR-343, em Teresina.

“A tradicional feira agropecuária do Piauí terá o apoio principal do Governo do Estado do Piauí. Queremos fazer desta a melhor edição de todos os tempos. A novidade deste ano é a nossa produção de grãos, que vai abrilhantar o evento”, disse Rafael.

Serão mais de 400 expositores de animais das mais diversas espécies e raças, dentre equinos, bovinos, caprinos e ovinos. “O governador Rafael definiu diretrizes para que possamos montar o cronograma de atrações festivas, além de um roteiro de palestras, seminários e a parte comercial”, explica André Nogueira, presidente da Associação Piauiense de Criadores de Zebu (APCZ), que promove o evento.

A população deve aguardar um crescimento do evento no número de animais, empresas e organizações que vão participar. “Estamos evoluindo a cada ano. Teremos parque de diversão, praça de alimentação e qualidade dos animais. A gente espera que a Expoapi atraia cada vez mais investidores, porque isso movimenta a economia. Além disso, a população de Teresina é apaixonada pela Expoapi. É a força do nosso agronegócio”, acrescenta.

A Expoapi é uma realização da APCZ e do Governo do Estado do Piauí, por meio do trabalho das Secretarias do Agronegócio e Empreendedorismo Rural (Seagro), Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada) e Agricultura Familiar (SAF).

Fonte: pi.gov.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário