Equatorial Piauí orienta sobre cuidados com energia elétrica durante reformas e manutenção de casas, a empresa é 1º lugar no atendimento virtual.

Durante a pandemia do Coronavírus e ao isolamento social em casa, muitas pessoas aproveitam o momento em suas casas para realizarem possíveis melhorias e reformas necessárias. Contudo, é importante seguir algumas dicas da Equatorial Piauí para garantir que as manutenções, que quase sempre envolvem as instalações de energia elétrica, ocorram de forma segura para todos. Confira as recomendações de segurança para cada caso:

É preciso atenção redobrada no que diz respeito às normas e medidas que devem ser tomadas para garantir que não ocorram acidentes elétricos dentro de casa. E, caso essas mudanças ou reformas sejam realmente necessárias, que aconteçam seguindo padrões de segurança e por profissionais capacitados. Manutenção predial, troca de fios elétricos, alteração nas cercas elétricas, instalação de antenas, movimentação de vergalhões, telhas de metal ou construções de forma geral, são serviços que podem envolver a proximidade ou manuseio com energia elétrica, por isso, é preciso estar atento às medidas de segurança na realização das atividades.

A executiva de Segurança da Equatorial Piauí, Lívia Matos, reforça que o manuseio com energia elétrica deve ser feito de forma adequada e pelos profissionais capacitados. “Realizar reparo elétrico em residências pode representar um grande perigo para as pessoas, caso não se tenha os devidos cuidados. Nesse período de pandemia, muitas pessoas, ao planejar dar manutenção ou ‘’reformar’’, mesmo o serviço mais simples em suas residências, devem atentar aos cuidados de segurança e, sempre que possível, optar por pela contratação de um profissional capacitado e exigir o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequados para cada serviço’’, destacou.

Abaixo, seguem algumas dicas importantes para prevenção de acidentes e o correto manuseio de instalações que envolvem energia elétrica:

Antena de TV:

Instale a antena longe da rede elétrica, respeitando a distância mínima de segurança de três metros da rede. Certifique-se que mesmo em caso de queda os equipamentos não irão tocar ou se aproximar dos fios elétricos.

Instalar a antena o mais longe possível da rede elétrica. Preferencialmente do lado oposto ao da fiação.

Na ocorrência de chuvas, ventos e relâmpagos, não tente fazer a instalação da antena, já que será maior o risco de quedas e choques elétricos.

Não utilize materiais flexíveis na instalação de antenas, como bambus e canos (PVC, ferro, alumínio), pois há risco da perda de equilíbrio durante a instalação e consequente queda ou toque sobre a rede elétrica.

Jamais arremesse o cabo utilizado para ligações de antenas sobre a rede elétrica, mesmo que este seja encapado, pois a capacidade de isolamento do cabo não é suficiente para evitar a passagem da eletricidade existente nas redes elétricas;

Marquises de edifícios comerciais ou residenciais jamais devem servir para instalação de antenas devido à proximidade das redes elétricas;

Dentro da residência

Não deixar a fiação ao alcance das crianças;

Redobrar a atenção no uso de equipamentos elétricos em ambientes úmidos ou molhados ao reforçar algum tipo de conserto na parte elétrica da casa.

Quando ocorre o desarmamento de disjuntores com frequência, ou queima constante de fusíveis, é sinal que a instalação elétrica da sua casa está sobrecarregada. Neste caso, chame um eletricista para verificar a fiação;

Compre produtos certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), pois os componentes (fiação, disjuntores, tomadas etc.). A utilização de produtos sem esse atestado ou certificação significar pode segnificar riscos de choques e curtos-circuitos, além de problemas com o consumo, que pode aumentar devido a má qualidade do material.

Construção ou Manutenção Predial quando for construir ou reformar, é necessário manter uma distância segura da rede elétrica (mínimo de 3 metros), para movimentar materiais metálicos, como barras de ferro ou arames. Atenção também na instalação de andaimes, que precisam ser montados de acordo com as normas de segurança, longe da rede elétrica. Importante sempre consultar ou contar com um profissional capacitado para este tipo de serviço ou a sua distribuidora. 

Cercas elétricas: As cercas elétricas devem ser instaladas por empresas especializadas. Questione se há um engenheiro eletricista responsável pela instalação. A instalação de cercas elétricas em áreas urbanas e rurais deve obedecer à lei nº 13.477/2017. A lei obriga uma altura mínima, a partir do solo, que minimize o risco de choque acidental em moradores e em usuários das vias públicas e a colocação de placas, com frases e símbolos, avisando sobre a possibilidade de um choque elétrico.

Equatorial Piauí é 1º lugar no ranking de solução e qualidade de atendimento na plataforma consumidor.gov no mês de Maio de 2020

A Equatorial Piauí aderiu à plataforma virtual de relacionamento consumidor.gov.br e, com apenas um mês de adesão, assumiu a 1ª colocação no ranking de solução e satisfação do atendimento no segmento Energia Elétrica. A plataforma permite a interlocução direta entre clientes e empresas como mais uma via de acesso pela internet, um importante meio nesse período de pandemia.

Troca de titularidade e demandas sobre consumo são algumas das principais solicitações dos clientes na plataforma. “A Equatorial busca sempre melhorar a experiência do cliente, principalmente nesse momento que precisou fechar suas agências físicas, seguindo os protocolos de saúde. A plataforma consumidor.gov.br é mais um canal oficial que a distribuidora abre para os clientes resolverem suas demandas sem sair de casa, já que estamos em um momento que requer isolamento. A Equatorial segue trabalhando para atender e resolver o pleito de cada cliente por meio dos canais digitais”, afirma Windsor Santos, gerente jurídico da Equatorial Piauí.

O Consumidor.gov.br é um serviço público e gratuito que tem entre os seus principais objetivos ampliar o atendimento aos consumidores; incentivar a competitividade pela melhoria da qualidade de produtos, serviços e do relacionamento entre consumidores e empresas; aprimorar as políticas de prevenção de condutas que violem os direitos do consumidor e fortalecer a promoção da transparência nas relações de consumo.

“É importante essa adesão da Equatorial também à plataforma consumidor.gov a fim de que possa solucionar as demandas dos clientes. Um outro canal para atender às necessidades dos consumidores de forma direta, garantindo a resolutividade e satisfação. A empresa resolve as demandas, chega a um consenso, evitando a procura aos órgãos de defesa do consumidor e judicialização”, ressalta o promotor de Justiça Nivaldo Ribeiro, coordenador-geral do PROCON/PI.
Fonte: ASCOM

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário