Deputado Fernando Monteiro morre vítima de câncer

O deputado estadual Fernando Monteiro faleceu às 6h20 da manhã desta quinta-feira, 26, na cidade de São Paulo. O deputado, que tinha 68 anos de idade, estava internado no hospital Sírio Libanês, para tratar de um câncer no fígado. O velório de Fernando Monteiro vai ser acontecer amanhã, a partir das 8 horas da manhã, no Salão Nobre Francisca Trindade, na Assembleia Legislativa do Piauí.

O deputado estadual Fernando Monteiro é o autor do projeto de lei que criou a Carteira de Identidade da Pessoa Autista no Piauí. O PL foi aprovado na ALEPI,  em 2019, e a lei foi imediatamente sancionada pelo governador Wellington Dias. Inclusive, o lançamento das primeiras carteiras aconteceu no mês de novembro, em solenidade no Palácio de Karnak.

Fernando Alberto de Brito Monteiro, nasceu na cidade de Teresina, em 20 de junho de 1951. Economista, exerceu os cargos de Consultor Técnico do CEAG/PI, professor da Escola Técnica Federal do Piauí e da Universidade Federal do Piauí. Elegeu-se vereador de Teresina, exercendo o mandato de 1983 a 1988 e a partir de 1986, elegeu-se Deputado Estadual, reelegendo-se sucessivamente, sendo atualmente o único parlamentar decano da Casa, com nove mandatos consecutivos e exercia o cargo de vice-presidente da Assembleia Legislativa do Piauí.

Fernando foi secretário de Defesa Civil no segundo governo Hugo Napoleão e no segundo governo Wellington Dias, presidente do PRTB no Piauí e presidente da escola de samba Ziriguidum.

Fernando Monteiro deixa a esposa Fabiana Monteiro e três filhos Marcos, Fernando Filho e Lauro.

*informações da assessoria de imprensao e fotos do Google.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário