Deputada do Flora Isabel (PT) é a nova conselheira do TCE Piauí

Foto: Tiago Amaral

A deputada do PT Flora Isabel era a candidata do governador  Wellington Dias para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Piauí, mas havia ainda três candidatos da base do governo: o deputado do MDB, Zé Santana; o deputado do PDT, Flávio Nogueira Júnior; e o deputado progressistas Wilson Brandão. Então era preciso unificar a base para dar a eleição a Flora Isabel.

Logo no início da manhã surge a notícia da desistência de Zé Santana. Quatro deputados estavam apoiando Zé Santana. Após o anúncio da desistência de Zé Santana, o pdtista Flávio Nogueira Júnior também anuncia a desistência dele no pleito. Ele contava apenas com o voto dele e mais um.

Flora Isabel chegou ao plenário Waldemar Macedo da Assembleia Legislativa acompanhada do filho, vereador de Teresina Venâncio Cardoso, e da irmã Giovanna Gayoso. Formada em Econômia, ela foi econômica nas palavras. Disse que recebia a informação das desistência do candidato Zé Santana com muita responsabilidade.

Ao final da votação, Flora Isabel teve 17 dos trinta votos em disputa, contra 12 votos do segundo colocado o deputado Wilson Brandão (PP), e conquistou a vaga de conselheira do TCE Piauí. Na eleição, houve uma abstenção.

O cargo de conselheiro do TCE do Piauí é vitalício, com salário perto de 35 mil reais por mês. Cada gabinete tem direito a onze servidores de livre escolha do ocupante do cargo.

Jornalista e Radialista.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário