Comemorar Ditadura Militar é Uma Afronta, diz Regina Sousa

A vice-governadora do estado, Regina Sousa, que representou o governador Wellington Dias na cerimônia de posse do novo Defensor Geral do Estado, Erisvaldo Marques, na manhã desta quinta-feira, 28, no Cine Teatro da ALEPI, classificou como uma fronta à sociedade brasileira a ideia do presidente da República, Jair Bolsonaro, de comemorar o 31 de março, dia do Golpe Militar de 1964.

 

Foto: Geneide Silva

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário