Com emoção até o fim, Brasil vence Itália no tie-break e conquista vaga nos Jogos Olímpicos de Paris 2024

Seleção Brasileira venceu a Itália por 3 sets a 2 no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Na manhã deste domingo, o Brasil conquistou seu lugar nos Jogos Olímpicos de Paris 2024. E foi com emoção. Pela última rodada do Pré-Olímpico de vôlei masculino, a Seleção Brasileira recebeu a Itália e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 23/25, 14/25, 25/17 e 15/10. A partida aconteceu no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Em um jogo tenso do início ao fim, o time comandado por Renan Dal Zotto teve altos e baixos, mas conseguiu superar toda a pressão e bateu os europeus com a força da torcida brasileira. O resultado, além de classificar a equipe para as Olímpiadas de Paris, dá confiança para a equipe, que vinha precisando de um respiro.

Mais uma vez, um dos grandes destaques da Seleção Brasileira foi Darlan, de 21 anos. O jovem foi o principal nome do Brasil neste Pré-Olímpico e se mostrou como um forte nome para entrar na briga por uma vaga no time que irá aos Jogos Olímpicos no ano que vem.

O jogo entre Brasil e Itália
O Brasil iniciou o confronto muito bem, enquanto a Itália começou com certa insegurança, sem muita confiança em quadra. Os brasileiros conseguiram se aproveitar dos erros do adversário para colocar a bola no chão, seja em ataques ou em bloqueios. Os europeus falhavam muito na recepção e, principalmente, no saque. Assim, Honorato fez dois aces seguidos e deu uma vantagem de cinco pontos no placar para o Brasil.

A Itália continuou tensa no primeiro set e seguiu errando muito nos saques. Por mais que não fizesse um jogo brilhante e ainda pecasse em alguns pontos, os brasileiros conseguiram manter, na maior parte do tempo, uma boa vantagem no marcador. O Brasil tinha o set point, mas viu a Itália encostar no final. Mesmo assim, a Seleção fechou a parcial em 25/23 após um toque na rede dos italianos.

No segundo set, a Itália cresceu no jogo e melhorou muito no saque, sua principal deficiência na primeira parcial. Os italianos também aperfeiçoaram a recepção e retomaram a confiança. O Brasil, por sua vez, procurou manter seu jogo, e com um dois ótimos saques de Alan, colou no marcador. O oposto seguiu no saque e os brasileiros viraram: 13 a 12.

Os brasileiros ficaram na frente por boa parte do set, mas mais uma vez viram a vantagem escapar pelos dedos perto do fim do set. A Itália cresceu novamente e saiu com a vitória na parcial por 23/25.

O terceiro set começou com tudo que se esperava de um Brasil x Itália. Uma disputa acirrada, ponto a ponto, com rallys intensos e muita luta em cada ponto. No entanto, tudo começou a dar certo para os europeus e os brasileiros se perderam em quadra. A vantagem dos italianos foi crescendo e a virada aconteceu: 2 a 1 em sets, com parcial de 14/25.

No quarto set, o Brasil se reergueu e voltou a apresentar um bom voleibol, colocando a bola no chão em grande parte dos ataques e bloqueando bastante. Com a confiança lá em cima e um Darlan inspirado, o Brasil venceu a parcial por 25/17 e levou a decisão para o tie-break.

No quinto e último set, o jogo continuou extremamente disputado no ponto a ponto. Um desafio chamado pelo técnico Renan Dal Zotto foi decisivo para os brasileiros ganharem confiança. Novamente, Darlan foi muito bem e, com um bloqueio, o Brasil teve o match point. Com um lindo ace de Lucarelli, o time garantiu sua vaga nas Olímpiadas do ano que vem em parcial de 15/10.

Fonte: terra.com.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário