Com apoio de Rafael e Lula, Novo bota Sílvio, brincando, no bucho da porca

A mais nova pesquisa do Instituto Credibilidade revela que, se as eleições para a Prefeitura de Teresina fossem hoje, o pré-candidato do PT, Fábio Novo, venceria Sílvio Mendes (União Brasil) por mais de 20 pontos de diferença.

No quesito em que se indaga em quem o eleitor votaria, se no deputado Fábio Novo com o apoio do presidente Lula e do governador Rafael, se em Sílvio Mendes, com apoio do senador Ciro Nogueira e do ex-presidente Bolsonaro ou se no médico Paulo Márcio, com o apoio do vice-governador Themístocles Filho e do ex-presidente Bolsonaro, 53,56% apontaram Fábio Novo, 32,33% escolheram Sílvio Mendes e 1,11% indicaram Paulo Márcio. Não Sabe/Não Opina somaram 11,33% e Nulo/Branco, 1,67%. Neste cenário, a vantagem de Fábio Novo para Sílvio é de 21,23%.

Na pesquisa Espontânea, em que o eleitor escolhe o nome do candidato que lhe vem à cabeça, Sílvio lidera com 31,67%, seguido por Fábio Novo, com 25,22%. A diferença entre os dois pré-candidatos diminuiu 2% em relação à pesquisa do mesmo instituto, divulgada no início do mês de novembro, e agora está na casa dos 6%. Os demais nomes lembrados foram Dr. Pessoa com 3,22%, Luciano Nunes com 1,56%, Jeová Alencar com 1,44%, Bárbara do Firmino com 1%, Paulo Márcio com 0,22% e Lourdes Melo com 0,11%. Não Sabe/Não Opina somaram 35,56%.

Na pesquisa Estimulada, que é quando o entrevistador exibe os nomes dos pré-candidatos postos, para que o eleitor se manifeste sobre eles, Sílvio Mendes lidera com 39,89%, seguido de Fábio Novo com 31,22%. Neste quesito, a diferença entre os dois políticos diminuiu 3 pontos em relação à pesquisa do Credibilidade realizada no início de novembro. Dr. Pessoa tem 3,67%, Jeová Alencar 2,67%, Luciano Nunes, 2,56%, Paulo Márcio, 0,67%, Teresa Brito, 0,33% e Lourdes Melo e Professor Tony Kerlen, 0,11% ambos. Não Sabe/Não Opina somam 17,11%. Nulo/Branco/Nenhum, 1,67%.

A pesquisa do Instituto Credibilidade foi realizada com 900 eleitores de Teresina, nas zonas urbana e rural, entre os dias 29 de novembro e 01 de dezembro de 2023.

Fonte: walcyvieira.com

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário