Campeão do Piauiense Sub – 19 de Futebol, Pedro Ézio treina forte à espera de contrato após a pandemia

Se para os jogadores famosos como Neymar, Gabigol, Bruno Henrique e demais atletas mundo afora a situação ficou difícil em termos de jogos com a pandemia do novo coronavírus, para aqueles que ainda estão se firmando no mundo da bola a situação é mais difícil ainda, por isso que o jogador Pedro Ézio não perde o foco e todos os dias vai treinar no Parque da Cidade, região Norte de Teresina, para manter a forma e para continuar em ritmo de jogo à espera de um contrato num grande clube quando isolamento social acabar.

“Treino todos os dias com o primo de minha mãe, Marco Antonio Júnior (filho do ex-jogador e hoje treinador de futebol Marcão), que é educador físico e está me ajudando. Nunca parei de treinar e me dedico muito para conseguir chegar e me firmar num grande clube de futebol”, diz Pedro Ézio.

O jogador fez parte do elenco do Fluminense campeão de 2019 do Piauiense de Futebol Sub-19.  Depois do título, foi para o time do União Centenário de Bentópolis, Paraná. Em seis meses que ficou no clube, participou de vários campeonatos e torneios na região de Londrina, na preparação do time para a participação na Copa Chavantes no interior de São Paulo, porém a competição foi cancelada e, em seguida, começou a pandemia do novo coronavírus e Pedro Ézio teve que voltar para Teresina.

Admirador do atacante do Bayern de Munique e da Seleção Polonesa, Robert Lewandowski, o atacante de 19 anos campeão Sub – 19 pelo Fluminense segue treinando em ritmo intenso no sonho de seguir os passos do grande ídolo.

“Admiro demais o jeito do Lewandowks jogar. Admiro também o Guerreiro (atacante peruano Paolo Guerrero), mas sou fã mesmo é do Lewandowsk”,  finaliza Pedro Ézio.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário