Em tempo de isolamento social, campanha Ei, mermã! orienta população para o combate à violência contra mulher no Piauí

Com o isolamento social por causa da pandemia do coronavírus, as denúncias de violência contra as mulheres tem aumentado no Piauí.

Na comparação dos dados da violência doméstica de março de 2019 para março de 2020, os registros do aplicativo Salve Maria mostram que as denúncias aumentaram em 32% em todo estado.   Para tentar barrar o crescimento da violência de gênero, a Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres do Piauí criou a campanha Ei, Mermã! para divulgar os canais de atendimento às mulheres que sofrem com o problema no estado, destaca a coordenadora Zenaide Lustosa.

A Central de Flagrantes atende as mulheres vítimas 24 horas por dia para a realização de flagrantes e aos finais de semana, com boletins de ocorrência e medidas protetivas. Nos dias úteis, o atendimento acontece em todas as Delegacias da Mulher. Em caso de emergência, o número é 190. No aplicativo Salve Maria tem o botão do PÂNICO. Outros canais de atendimento à mulher vítima de violência doméstica são o aplicativo PMPI Cidadão, da Polícia Militar, e a Patrulha Maria da Penha que atende às vítimas com medidas protetivas, com visitas de fiscalização e com atendimento pelo número 86 99414-8857.

Jornalista e Radialista.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário