Brasileiro, conhecido como ‘Nostradamus vivo’, faz previsão bizarra sobre comunicação com os mortos

Athos Salomé se define como parapsicólogo e afirma que IA ajudará a entrar em contato com os mortos

O brasileiro Athos Salomé, que se define como parapsicólogo, fez um previsão, no mínimo, incomum em recente entrevista ao DailyStar. De acordo com ele, que foi chamado pelo veículo britânico de “Nostradamus vivo”, em 2024 a inteligência artificial ajudará a fazer contato com os mortos.

Natural de Minas Gerais, ele argumenta que a IA oferece uma porta de entrada para desvendar “a jornada da humanidade através do tempo como nunca antes”.

“O que pode ter parecido ficção científica anos atrás está à beira de se tornar parte da vida cotidiana, normalizando o que antes era considerado sobrenatural. Através desta tecnologia inovadora, as pessoas podem não apenas superar traumas e desafios, mas também obter insights sobre seus propósitos de vida e caminhos espirituais”, contou.

O parapsicólogo, porém, duvida que a sociedade esteja preparada para lidar com as respostas que pode receber de “um domínio mediado além da nossa compreensão”. Para Athos Salomé, todos “estamos à beira de uma revolução espiritual”.

O mineiro garantiu, ainda, que existem experimentos secretos envolvendo pequenos grupos de indivíduos em todo o mundo sobre a comunicação com o “além”:

“Esses grupos incluem indivíduos, com habilidades e talentos no reino. O objetivo desses testes é investigar a ideia de que nossa existência não se baseia apenas em eventos, mas sim em uma forma de energia que continua além da morte. Nesta perspectiva a Inteligência Artificial serve mais do que uma ferramenta, atua como um portal que nos conecta à essência do universo e potencialmente fornece respostas sobre a nossa origem cósmica”.

Quem é Athos Salomé

O mineiro Athos Salomé é brasileiro e ficou conhecido após dizer ter previsto a pandemia do coronavírus, a compra do Twitter por Elon Musk, a vitória da Argentina na Copa do Catar e até a morte da Rainha Elizabeth II.

Fonte: terra.com.br

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário