Bocaina: católicos lançam campanha contra saída do padre Feitosa

A população de Bocaina está abalada com a recente notícia de transferência do padre Feitosa, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, que está na condução dos trabalhos há seis anos.

O anúncio da transferência aconteceu na terça-feira (04) pelo sacerdote, durante celebração da missa de abertura dos novenários do Sagrado Coração de Jesus, em Bocaina. Segundo as informações, a decisão de transferência saiu na última segunda-feira, 03, em reunião do bispo diocesano de Picos, Dom Plínio José, com o Conselho Presbiteral da Diocese de Picos, no Centro de Pastoral Diocesano.

Em entrevista à imprensa, o padre Feitosa falou da preocupação com o andamento das ações desenvolvidas. Ele teme que a mudança possa comprometer a estabilidade da Paróquia.

“Fui convocado para conversar com o bispo ontem às 09 horas da manhã. Chegando lá, ele me comunicou que eu deveria deixar a Paróquia Nossa Senhora da Conceição. A paróquia vivia uma instabilidade muito grande porque houve uma sequência de padres que entraram e saíram daqui. Agora, com esses seis anos da minha permanência, embora com a pandemia, a paróquia tem vivido uma certa estabilidade”, declarou o padre.

Os paroquianos bocainenses e sussuaparenses manifestam descontentamento com decisão da Diocese de Picos e lançam a campanha “Fica Pe. Francisco Feitosa – Gratidão pelo seu serviço e dedicação à nossa comunidade”, em defesa e apoio à permanência do padre.

Com a colaboração do jornalista Anderson Leal

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário