Após confirmação da compra de vacinas pelo ministro da Saúde, Wellington acredita que vacinação inicia em janeiro

Em encontro do Fórum de Governadores com Eduardo Pazuello, foi confirmada a compra pelo SUS e que haverá um Plano Nacional de Imunização.

A estratégia de vacinação contra a Covid-19 no país foi tema do Fórum de Governadores com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nessa terça-feira (20), em Brasília. O governador Wellington Dias participou da reunião e explicou que foi confirmada a compra de vacinas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que haverá uma integração entre os governos federal, estaduais e municipais para um Plano Nacional de Imunização.

De acordo com o ministro Pazuello, foi assinado um protocolo de intenções para adquirir 46 milhões de doses da vacina Coronavac, que está sendo produzida pelo Instituto Butantan e pelo laboratório chinês Sinovac. A compra será concretizada após receber o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que está previsto para o início de 2021. Além dessa, o Ministério da Saúde deve fazer a aquisição de mais de 150 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, desenvolvida com a Universidade de Oxford (Reino Unido) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ao longo do próximo ano.

“É um momento importante para o Brasil. Aqui tivemos a confirmação do ministro da Saúde, autoridade designada pelo presidente da República para coordenar, tratar e garantir a compra pelos SUS de toda a vacina necessária, daquela primeira que tiver pronta. A perspectiva é de que já em meados de janeiro possamos iniciar o processo de vacinação. E aqui foi montada toda uma estratégia para tudo que for necessário, desde a estrutura de recursos humanos, integrando ações de estados, municípios e União. É um momento histórico, seguindo um plano que agora é detalhado por uma câmara técnica e que vai ser divulgado até o fim de novembro”, comentou Wellington.

Fonte: pi.gov.br

Wilma Rocha

Jornalista e Radialista.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário

11 + 3 =