Ao som da bateria da Escola de Samba Ziriguidum, deputado Fernando Monteiro é velado na ALEPI

O corpo do deputado Fernando Monteiro chegou em Teresina, às seis da manhã, do aeroporto foi levado ao quartel do Corpo de Bombeiros de onde seguiu em carro aberto até a Assembleia Legislativa, para ser velado no Salão Nobre deputada Francisca Trindade, ao som da bateria da Escola de Samba Ziriguidum, que o deputado ajudou a fundar no final dos anos 70. Em cima do caixão, as bandeiras do Piauí, da Ziriguidum e do Flamengo.

O Salão Nobre da ALEPI ficou pequeno para a quantidade de amigos, políticos, correligionários e populares que foram prestar a última homenagem a Fernando Monteiro. Entre os políticos, todos concordam que Fernando Monteiro vai fazer muita falta no parlamento, é o caso do deputado Nerinho, que é do PTB, partido que Fernando Monteiro, também, foi filiado.

O secretário estadual de saúde, Florentino Neto, fez questão de lembrar das parcerias com o deputado, o primeiro a visitá-lo para dar as boas-vindas na SESAPI.

O político Fernando Monteiro, também, era amante do carnaval de rua de Teresina. Uma de suas grandes paixões era a Escola de Samba Ziriguidum, por isso a presença da bateria da escola no velório, destaca o carnavalesco, Pereira Salazar.

O apresentador de televisão, Mariano Marques, que sempre foi destaque na Ziriguidum, destaca a importância do amigo Fernando Monteiro, para o carnaval de Teresina.

Em rápidas palavras, o presidente da ALEPI, Themístocles Filho, lembra do grande contador de “causos”, que era Fernando Monteiro.

Já o governador Wellington Dias destaca o Fernando Monteiro preocupado com a família, otimista com o tratamento que fazia em São Paulo e otimista com o Piauí.

O velório do deputado na Assembleia Legislativa acontecerá até às dezessete horas, quando o caixão com corpo de Fernando Monteiro será levado na viatura do Corpo de Bombeiros para sepultamento no cemitério São José, na região Centro/ Norte de Teresina.

Foto capa: Google

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário