Alepi se aproximou da população em 2023”, afirma Franzé Silva

Ao fazer um apanhado sobre seu primeiro ano como chefe do Poder Legislativo estadual, o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), deputado estadual Franzé Silva (PT), analisa que o Parlamento avançou em participação popular e presença da comunidade em suas atividades, ao longo de 2023.

“Acolhemos diversos segmentos e debatemos variados temas de interesse da população, como a necessidade de regularização fundiária, a situação dos povos indígenas e suas terras, primeira infância, a realidade dos doentes renais crônicos, defesa do consumidor através da CPI da Equatorial etc.”, observa Franzé.

O chefe do Legislativo destaca a abertura da Praça do Povo e da Esplanada da Alepi para atividades envolvendo servidores e sociedade. “Discutimos a luta das pessoas com deficiência, autismo, a realidade das quebradeiras de côco, das mulheres. Trouxemos milhares de crianças da periferia para a Vila de Natal, entre outras”, pontua.

“Neste ano, trabalhamos para que a Alepi se abrisse mais para a população piauiense. Estamos modernizando a administração, iniciando a reforma do prédio do Legislativo e investindo em energia limpa, melhoramos o índice de transparência e acolhemos mais o povo”, assinala Franzé Silva.

Valorização do servidor e transparência

O presidente da Assembleia ressalta, ainda, como pontos importantes da gestão no ano, a inauguração do novo Espaço de Saúde da Alepi, realização do concurso público, a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores da Alepi, o reajuste salarial e a melhora no índice de transparência da Assembleia.

“Na transparência, avançamos muito, saindo dos 46,6% de 2022, para 75,3% em 2023. Vamos melhorar muito a administração, com o concurso público. Reajustamos os salários dos servidores efetivos em 6% e implementamos o auxílio-alimentação. Em 2024, vamos avançar mais”, frisa Franzé Silva.

Outra iniciativa da Alepi destacada pelo presidente Franzé é a realização do programa Parlamento do Futuro, que elegeu 30 deputados, entre jovens do ensino médio, para exercerem um mandato de três dias. “É um programa com formato pioneiro, voltado à consciência e efetiva participação política e cívica dos jovens”, acrescenta.

Fotos: Jarbas Santana / Ascom Presidência Alepi

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário