500 dias no Senado e mais de 500 milhões em recursos destinados ao Piauí, analisa Marcelo Castro

Em um balanço de 535 dias no cargo, o senador piauiense Marcelo Castro (MDB) destacou recursos importantes para obras no Piauí. Ao todo, são mais de R$ 547 milhões destinados a empreendimentos das áreas de infraestrutura, saúde e saneamento básico.

O emedebista ressaltou ainda o trabalho desenvolvido em conjunto com os demais parlamentares da bancada federal do Piauí.

“Em Brasília, sempre procuramos trabalhar em conjunto, articulados, os 10 deputados federais e os 3 senadores sinergicamente atuando para levar recursos para o Piauí. Entendemos que no estado, com as carências que tem, uma das funções de seus representantes também é levar recursos para obras que melhorem nossa infraestrutura”, disse Castro acrescentando que conseguiu fazer ainda mais pelo estado por ter ocupado a presidência da Comissão de Orçamento do Congresso Nacional em 2019.

O senador contou que várias obras estão sendo realizadas no Piauí através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Dentre elas, a duplicação BR-316 na saída sul de Teresina, considerada uma das obras viárias mais importantes do Piauí. Ao todo, foram destinados R$ 50 milhões para duplicar a rodovia até Demerval Lobão.

Como presidente da Comissão de Orçamento, Castro destinou R$ 14 milhões para a obra, complementando os demais R$ 36 milhões garantidos pelo seu colega de bancada, o senador Élmano Férrer.

“Ainda como presidente da Comissão, eu consegui R$ 29 milhões para a construção do viaduto da Ladeira do Uruguai, em Teresina. Uma obra importantíssima para reduzir o grande engarrafamento que existe no local”, acrescentou Castro.

Com foco em obras estruturantes pelo estado, o senador garantiu também a destinação de R$ 84 milhões para as obras da BR-235, via importante para o desenvolvimento do cerrado piauiense. “É uma rodovia que vem da Bahia, entra no Piauí em Caracol, vai para Guaribas e depois para Bom Jesus. Os recursos são suficientes para chegar em Guaribas, e o DNIT repassou que até dezembro deste ano a estrada de Caracol a Guaribas vai estar concluída”, disse.

Segundo Castro, dos R$ 84 milhões, R$ 17 milhões foram destinados para a conclusão da ponte sobre o rio Parnaíba, em Santa Filomena. A obra segue em ritmo acelerado e deve ser entregue ainda em 2020, de acordo com o DNIT.

RECURSOS PARA ESTRADAS ESTADUAIS
O senador acrescentou que tem trabalhado também para garantir a recuperação e manutenção das rodovias estaduais. “O Piauí tem aproximadamente seis mil quilômetros de rodovias estaduais. É uma malha grande e que precisa de muitos recursos para sua manutenção. As estradas não estão nas condições ideais. Como presidente da Comissão de Orçamento, um dos focos foi conseguir recursos para a restauração das nossas estradas”, disse.

Segundo Castro, os recursos foram destinados da seguinte forma:

R$ 27 milhões para estrada que liga Teresina, José de Freitas, Cabeceiras, Barras, Batalha, Esperantina, Morro do Chapéu e Luzilândia;
R$ 10 milhões para a estrada que liga Joaquim Pires a BR-343;
R$ 19 milhões para a estrada que liga Regeneração, Tanque do Piauí e Oeiras;
R$ 16 milhões para a estrada que liga Oeiras a Simplício Mendes;
R$ 12 milhões para a estrada que liga São Raimundo Nonato a Caracol;
R$ 29 milhões para a estrada que liga São João do Piauí a Paulistana;
R$ 29 milhões para a estrada que liga Redenção do Gurguéia, Curimatá, Parnaguá e Corrente;
R$ 46 milhões para a estrada que liga Bertolínia, Sebastião Leal, Uruçuí, Ribeiro Gonçalves e Baixa Grande do Ribeiro;
R$ 40 milhões para a construção do trecho III da Transcerrado.

BARRAGEM
A conclusão da barragem de Atalaia, no município de Corrente, também foi uma das obras citadas pelo senador Marcelo Castro. Segundo ele, R$ 14 milhões foram destinados para o empreendimento.

A barragem vai garantir o abastecimento de água das cidades circunvizinhas Sebastião Barros e Cristalândia, criação de sistemas de irrigação agrícola, além da possibilidade de atividades de piscicultura e lazer no local.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO
Castro destacou ainda a destinação de R$ 40 milhões para o sistema de esgotamento sanitário de Floriano. “É um trabalho muito importante que estamos fazendo há um tempo e, brevemente, Floriano será a primeira cidade do Piauí a ter 100% das suas casas com esgotamento sanitário”, pontuou.

SAÚDE 2020
Conhecido por seu trabalho em prol da saúde, Castro também pontuou os recursos destinados para a Nova Maternidade de Teresina. Ele ponderou que a Maternidade Dona Evangelina Rosa já cumpriu seu papel, mas que está “defasada”.

“Consegui colocar R$ 51,5 milhões para a conclusão da Nova Maternidade de Teresina, para a compra dos equipamentos mais modernos. É algo que me dá uma satisfação imensa. Muito orgulho de poder estar contribuindo com uma obra tão importante para a saúde do nosso estado”, disse.

Em meio a pandemia de coronavírus, o parlamentar acrescentou ainda que garantiu a destinação de cerca de R$ 110,9 milhões para o custeio da saúde no Piauí. Segundo ele, o valor foi distribuído da seguinte forma: R$ 24 milhões foram destinados para o Governo do Piauí; R$ 5,4 milhões para o município de Teresina; e o restante para demais municípios do estado. Por meio da Funasa, foram destinados ainda R$ 28 milhões para vários municípios de todo o Piauí.

Fonte: assessoria parlamentar

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário